terça-feira, 15 de setembro de 2009

FRASES DE DOM HELDER




“A fome dos outros condena a civilização dos que não têm fome.”

“Pobreza ainda, miséria não!”

“Atenção, meus irmãos-homens! A violência n.° 1 é a miséria! Miséria que engloba sub-habitação, sub-trabalho, sub-diversão, sub-saúde, sub-vida, opressão, dominação.”

O grande embate dos nossos tempos é a miséria. E não se diga que ela é invencível.”

“A injustiça é indivisível: ataca-la e fazê-la recuar aqui e ali é sempre fazer avançar justiça.”

“O amor é o perfume das almas.”

“O sopro do amor fará aumentar o talento.”

“A lei consiste em amar a Deus e amar ao próximo. Ora, quem ama o próximo, já cumpriu a metade da lei.”

“É difícil dar. É necessário conquistar através do amor o direito de dar.”

“Se discordas de mim, tu me enriqueces.”

“Nós não queremos a paz dos pântanos, a paz enganadora que esconde injustiças e podridão.”

“Quanto mais negra é a noite, mais carrega em si a madrugada.”

“Quem me dera ser leal, discreto e silencioso como a minha sombra.”

“Os homens gastam-se tanto em palavras, que não podem entender o silêncio de Deus.”

“Quem dá aos pobres, empresta a Deus!”

“Na pobreza existe apenas o indispensável, mas existe. Na miséria, nem o indispensável existe.”

“Melhor do que o pão é a sua partilha, sua divisão.”

“É jovem quem tem uma razão para viver.”

“Se dou comida aos pobres, eles me chamam de santo. Se eu pergunto por que os pobres não têm comida, eles me chamam de comunista.”

“As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leve-as no coração.”

“Que ventura ver rostos parados se iluminarem de inteligência, inteligências frias tocadas de imaginação, corações descrentes, desesperados se encherem de confiança e paz!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário